sábado, 22 de agosto de 2015

COSPLAYERS VS. UOL (COSPLAYER TEM DISTÚRBIO?)

Bom Cambada tinha umas 7 matérias para hoje mas depois de uma notícia que vi ontem no Facebook através de um amigo nosso ter postado o assunto do post hoje será sério, do porque acharem que pessoas que fazem cosplay tenham distúrbio...




Bom valos lá na Sexta-feira dia 21/08/2015 foi publicada uma matéria no site UOL que falam sobre cosplay e distúrbio de identidade o título foi o seguinte:

"Cosplay: adolescente que se fantasia demais tem problema de identidade?"

Se isso era uma pergunta a resposta é simples e seria 100% NÃO!, para inicio de analise do vídeo quero deixar claro que respeito a profissão de todos envolvidos no vídeo da UOL pois quem é inteligente também sabe que estão lá porque estudaram para isso mas pensemos será que fizeram a coisa certa? será que falaram coisas corretas sobre nós Cosplayers? sim nós pois também sou Cosplayer para quem não sabe.

Ao ver o vídeo achei legal pois vi várias pessoas que fazem cosplay conhecidas que sempre vejo no evento e nunca tive si quer uma discussão com qualquer um deles e ao contrário nos divertimos e nos ajudamos muitas vezes e quando digo ajudar não é no fato psicológico e sim questões  de Trabalho, Serviço, Estudo e até mesmo com um próximo cosplay, mas no decorrer do vídeo prestando atenção no texto dito fui pegando raiva de tudo aquilo, porque tudo e digo tudo mesmo que foi dito pelos cosplays no vídeo foi distorcido e aposto que nenhum deles sabia que sua resposta ou sua frase seria usada daquela forma.


Bom aqui eles acertaram pois a tradução de cosplay é realmente essa, mas usaram termos como "brincar" poxa brincar? quem é qui é o cosplayer que brinca com isso? fazemos o cosplay porque gostamos do personagem e realmente queremos parecer com ele visualmente mas dentro de um evento ou apresentação, ninguém vestido de Iron Man vai sair dali com uma armadura fingindo ser rico e poderoso ou que conhece o Capitão América.


A "mania" de "disfarçar-se" de seus heróis....

Uhum mania agora veremos mania no dicionário:

É um distúrbio mental definido como um período distinto, durante o qual existe um humor anormal e persistentemente elevado, expansivo ou irritável. É característico, embora não exclusivo, do transtorno bipolar no qual os episódios maníacos alternam com episódios depressivos.

Agora disfarçar-se como eu me senti lendo isso...


Pois quando me "visto" do personagem escolhido eu no máximo "atuo" no papel do personagem e nunca é 100% pois você sempre prevalece com a "sua personalidade", pois imaginem um cosplay de vilão e de repente chega uma criança ou adolescente e pede para tirar uma foto com você e você diz não e sai andando como se fosse o vilão, como acha que aquela pessoa ou a criança se sentiria?


Você não seria bem visto, não iriam querer tirar fotos de você e com você e o pior você seria mal visto...


Cosplay não favorece a integração... bom como já disse acima sendo cosplay ganhei vários amigos e não só aqueles que ficam somente no Facebook como um troféu lá não e sim amigos mesmo que converso, troco idéias, rimos juntos, saímos e tudo mais como amigos normais do dia a dia e um outro fator diferencial é que sempre aprendemos coisas novas uns com os outros como técnicas de pintura, tipos de tecido, costura, eletrônica, manuseio de ferramentas e até robótica.

Poxa outra coisa ignorar a realidade, ninguém que faz cosplay vive na Matrix aqui...


Hoje conheço várias pessoas que ao contrário do que disseram ao invés de se tornarem anti-sociais hoje são totalmente sociais justamente pelo Hobby de cosplay, as vejo hoje conversando em grupo, estudando em grupos e trabalhando muito bem em grupo com uma vida mais do que normal.

O eu da pessoa tem que sumir pro personagem aparecer? claro que não como eu já disse também acima na situação de um fã do personagem vir a querer tirar uma foto com você.

Agora uma das frases que mais me revoltou ditas no vídeo "Eu mesmo sou uma porcaria" acho que 99% dos cosplayers nunca disseram ou irão dizer isso e os 1% quando pensarem em dizer pensem bem nisso: você é um bandido, roubou ou matou?, usa drogas pois é então você não é uma porcaria e outra qual cosplayers que nunca ao acabar a sua vestimenta do seu personagem já não se olhou e deu aquele riso de canto de boca com orgulho de si mesmo? sabe aquele que você diz interiormente "nossa ficou muito bom e fui quem fiz"


Narcisismo pelo cosplay realmente você tem aqueles momentos que você tira uma foto ou se olha no espelho e gosta do que vê mas todo fim de dia ou final de evento você como cosplay não aguenta e quer se ver livre da roupa, armadura ou maquiagem pois você quer voltar a sua vida normal quer ser você mesmo então acho que narcisismo foi outro termo mal utilizado.

Agora a parte deprimente o som, até nisso eles erraram pois a trilha é deprimente, realmente queriam que a pessoa ao assistir se sentisse mal com isso e a música final com seu incrível refrão: "mas o que mais me dói, você escolheu errado seu super herói." Errado m diz aí quem escolhe errado de propósito o jeito de se vestir e agir?


A todos aqueles que acham que a matéria foi mostrada de forma errada os Cosplays e Cosplayers vou deixar o link abaixo para o abaixo assinado do vídeo de que ele seja removido do site da UOL, então se você não gostou ou é Cosplayers deixe sua assinatura lá como eu faltam poucas, pois essa já não é a primeira vez que a UOL da uma dessas conosco.


e para aqueles que ainda não viram a matéria da UOL deixarei somente o link aqui da matéria caso não tenha mais acesso, será porque conseguimos tirá-lo fora do ar.



Agradecendo a todos os que realmente se importaram com conteúdo da matéria e são a favor do Cosplay sim e de que somos pessoas normais como qualquer outra do dia a dia e para quem não me conhece ainda:

Olá meu nome é Miguel tenho 32 anos, caravanista, blogueiro, Instrutor de Informática, Aux. Administrativo, Técnico em manutenção de computadores, faço cosplay por hobby e amo que faço sempre aprendo coisas novas e faço novas amizades, agradeço meu espirito jovem a isso também e esa é uma das fotos que mais me orgulho, pois o que a UOL não sabe é que um Cosplay pode trazer a alegria para muitos também de ter o seu super- herói por perto em um mundo como esse em que vivemos hoje em dia.


Não deixem de compartilhar e curtir a matéria Cambada e bora lá fazer mais Cosplays e mostrar pra essa gente que não temos "distúrbios de identidade" coisa nenhuma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Otakus, Nerds, Gamers e Geeks online no momento...