domingo, 17 de junho de 2018

JURASSIC WORLD: REINO AMEAÇADO - ANÁLISE COM SPOILERS

No final de semana tive a oportunidade de ir ao cinema conferir Jurassic World: Reino Ameaçado e hoje trago a análise do filme para vocês avisando que os spoilers serão os mínimos possíveis, vamos lá.
Bem neste filme eu juro que tentei assistir como uma pessoa normal, mas notei que ou sou muito velho para esse filme ou muito chato com relação a como foi feito o filme, mas calma pode ir assistir numa boa que o filme é realmente bom se você não reparar muito em certas cenas ou não ligar para coincidências a todo momento, para as crianças é um bom filme assim como o primeiro filme foi para a geração da época.


Há várias referências dos filmes antigos e uma personagem em especial no filme que faz ligação direta com os primeiros filmes, um ator que realmente fez falta foi Richard Attenborough (Falecido em 2014) como John Hammond mas James Cromwell fez bem o papel, esperava e ainda espero uma participação de Sam Neill novamente em algum filme futuro ia ser incrível, voltando as cenas de referência a uma em especial que foi estagnada pelo trailer e repetida no filme, que como sabemos temos em todos os filmes se não me engano, a cena clássica do T-rex que vemos no trailer mas neste eles fazer duas vezes o que achei meio desnecessário.


A sensação de certas cenas que foram criadas para aquele "ohhhh" dos espectadores funcionam para as crianças mas acho que para os adultos que já estamos enjoados de CGI perde bem a graça, tirando uma cena que achei muito boa que é a do Braquiossauro sendo deixado na ilha, vi no mínimo umas 3 pessoas chorando na sala de cinema rs, fora as cenas em CGI que já não causam tanto o efeito desejado a os pequenos erros de continuação de cena que minha nossa... como sou chatooooo nessa parte mas se você é daqueles que repara em tudo vai achar vários erros, outra coisa que me incomodou muito foram as lógicas pois há certas partes que o filme foi feito sem pensar muito, como uma sala secreta no subsolo que só podemos acessar por uma porta secreta com senha e tudo mais, mas que você descobre que podia chegar ali usando um mini elevador a corda que até uma criança chega ali facilmente, meu isso foi de doer.


As coincidências no filme rolam solto como se fosse em um jogo como "aquilo" não está ali por acaso vai ser usado para algo porém muito forçado como a cena que saem todos correndo e tcharam oh! um caminhão aqui largado e eles usam e pulam pra dentro de um barco com caminhão e...ninguém liga, tipo "nossa!, de volta ao trabalho rapazes", há personagens que somem também durante um bom tempo no filme e brotam do nada em uma cena.


Realmente se você for chatão como eu assista como um filme de sessão da tarde, os atores e atrizes são bons e há uma surpresa no filme que achei bem legal os efeitos de CGI são bem usados com um pouco de exagero, a violência acho que se equipara ao primeiro filme com os dinossauros devorando as pessoas, parece estranho o que vou dizer mas é um filme bem família com seu drama. comédia, ação, suspense e terror equilibrados, não é um filme que vai te surpreender mas é bem legal de se assistir e recomendo.


O filme também com seu final parece querer ter um terceiro filme da franquia Jurassic World que pode se chamar Jurassic World Flintstones onde usam dinossauros no dia a dia ou na guerra com lasers, metralhadoras e tanques vivos, tá zueira a parte pode haver sim uma continuação só não sei como, haja imaginação e quem sabe a próxima fase seja Jurassic Park Universal rs, nota para o filme 7,5 sim eu sei sou chato mas se você é da época do primeiro filme e assistir você vai entender, mas mesmo assim confira o filme pois é bom sim ok.








Nenhum comentário:

Postar um comentário