quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

FECHAMENTO DO MEGAUPLOAD PELO FBI



Caros leitores...
É com pesar que hoje dia 19/01/2012 que lhes escrevo está matéria... perdemos um dos grandes aliados da internet... que estava do nosso lado. Hoje estava jantando e assistindo Gintama como de sempre quando fui surpreendido com uma notícia... a de que o Site Megaupload fora fechado pelo FBI... Curioso como sou e com várias idéias de conspirações também achei que era somente balela dos HOAX que surgem na net mas para a infelicidade minha e de no mínimo 80% dos internautas a notícia era verdade pouco tempo depois que estava pesquisando na internet passou também a matéria na TV sobre o fechamento do Site pelo FBI... Bom o que colocarei aqui primeiro serã as notícias resumidas e principais pontos desse fato logo após deixo também os meus dizeres...


UOL

Washington, 19 jan (EFE).- O FBI (polícia federal americana) anunciou nesta quinta-feira o fechamento da página de downloads Megaupload após uma investigação de dois anos que resultou na prisão de quatro pessoas na Nova Zelândia pelo suposto crime de pirataria virtual.

As autoridades acusam o site de fazer parte de "uma organização criminosa responsável por uma enorme rede de pirataria na informática mundial" que causou mais de US$ 500 milhões em danos aos donos de direitos autorais.


O FBI afirmou que a operação encerrada nesta quinta não tem conexão com o projeto de lei antipirataria promovido pelo Congresso dos Estados Unidos e que provocou o "blecaute" ontem de várias páginas em sinal de protesto.


Em seu comunicado, o serviço secreto afirmou que esta operação "se encontra entre os maiores casos criminais contra os direitos autorais de propriedade intelectual já feitos pelos EUA e ataca diretamente a existência de um depósito de conteúdo público e distribuição para cometer e facilitar o crime contra a propriedade intelectual".


Por enquanto, quatro pessoas foram detidas em Auckland, na Nova Zelândia, e buscas foram realizadas nos EUA e outros nove países, nas quais foram apreendidos US$ 50 milhões em ativos informáticos.


"Durante mais de cinco anos", de acordo com a acusação, "a organização operou sites que reproduziam ilegalmente e infringiam as leis dos direitos autorais, incluindo filmes antes de sua estreia, músicas, programas de televisão, livros eletrônicos e softwares de entretenimento".


Através do Megaupload e outras páginas associadas, os acusados conseguiram um lucro de U$S 175 milhões.


www.sidneyrezende.com

Diante da polêmica envolvendo as leis anti-pirataria de internet nos Estados Unidos, um dos maiores sites de compartilhamento de arquivos do mundo, o Megaupload, foi tirado do ar nesta quinta-feira. Além disso, o fundador da companhia e diversos executivos foram acusados de violar as leis norte-americanas e levados em custódia.

Segundo a acusação, o "megaupload.com" já causou cerca de US$ 500 milhões em prejuízo aos detentores de direitos autorais, já que ele facilitaria o repasse e reprodução ilegal de filmes, jogos, músicas, entre outros conteúdos. Sem o aviso prévio de corte, milhões de arquivos foram perdidos, já que os usuários contavam com a segurança do site para guardar seus documentos.

O Megaupload ficou famoso após ser identificado pelos internautas como de boa qualidade de armazenamento de arquivos e download, além de ter sido reconhecido por diversas celebridades e músicos, que dispõem gratuitamente suas produções ao veículo. Entre os famosos que já disponibilizaram seus trabalhos livremente ao site estão Kanye West, Alicia Keys e Kim Kardashian. O grupo chegou a gravar um vídeo de apoio à companhia, mas que foi retirado do ar pelas gravadoras.

Antes de ser retirado do ar, o site chegou a publicar uma nota afirmando que as acusações que ele estava recebendo por infração de leis dos direitos autorais eram "extremamente exageradas".

Durante o dia, milhares de pessoas por todo o mundo demonstraram sua indignação com o corte do site. No Twitter, o nome do veículo de download e hospedagem manteve-se entre os três mais comentados. Alguns internautas tratam a ação dos Estados Unidos como um "abuso contra os direitos democráticos da internet", outros afirmam que a medida impõe uma regressão à tecnologia.

O Megaupload foi cortado da internet apenas um dia após diversos sites de notoriedade terem parado de funcionar como forma de protesto aos dois projetos de lei antipirataria que tramitam nos Estados Unidos. O país pretende reforçar as medidas contra a pirataria digital. O Stop Online Piracy Act (SOPA) prevê um bloqueio das infrações por meio direto em sites de busca, afetando as possibilidades de resultado dos sites, sobretudo estrangeiros, onde o governo não pode atuar.

www.http://itecoseufuturo.blogspot.com

Todo mundo que navega pela internet, já deve alguma vez ter baixado algum conteúdo desse site, afinal ele era um dos maiores portais de download do mundo, mas como muitas vezes (ou na grande maioria das vezes) os arquivos lá hospedados tinham diretos autorais, o Megaupload acabou tornando-se o culpado por toda essa pirataria.

Algumas empresas, que possuíam os direitos autorais de filmes e músicas hospedados no site pediram uma indenização de 500 milhões de dólares.
O Megaupload, que iniciou os trabalhos em 2005, está oficialmente fechado e provavelmente nunca mais volte a funcionar, uma pena para quem gostava de compartilhar e hospedar seus arquivos na internet.


Pesquisei mais um pouco e descobri estes também:

WWW.BABOO.COM.BR

FBI fecha site de BitTorrent Agentes federais norte-americanos fecharam um popular site que distribuía músicas e filmes de maneira ilegal, através da rede de compartilhamento BitTorrent. Agentes federais norte-americanos fecharam um popular site que distribuía músicas e filmes de maneira ilegal, através da rede de compartilhamento BitTorrent.

Agentes de segurança cumpriram mandados de busca para dez pessoas espalhadas nos EUA suspeitas de estarem envolvidas com o site Elite Torrents. O FBI declarou que esta foi a primeira ação criminal voltada para usuários que usam o BitTorrent para espalharem conteúdo ilegal.

http://info.abril.com.br

FBI fecha sites de poker

NOVA YORK - Os donos de três das maiores companhias de pôquer online que operam nos Estados Unidos foram acusadas nesta sexta-feira de enganar órgãos reguladores e bancos para que eles processassem bilhões de dólares de dinheiro procedente de apostas ilegais realizadas na Internet.

Onze pessoas, incluindo os donos da Full Tilt Poker, da Absolute Poker e da PokerStars foram acusados de violar leis norte-americanas contra jogos de azar na Internet, de acordo comprocessos de procuradores federais em Manhattan.

As acusações são parte de uma repressão aos jogos de azar na Internet nos EUA, onde eles são ilegais desde 2006. Em março, a Wynn Resorts afirmou ter firmado uma parceria com a PokerStars, e disse que elas trabalhariam para a aprovação de legislações nos EUA que definiriam os jogos de azar na Internet como práticas ilegais.

Aqui uma notícia das mais importantes:


http://sol.sapo.pt

O site Megaupload foi encerrado pelas autoridades norte-americanas e o seu fundador foi detido após uma queixa da companhia discográfica Universal. O colectivo hacker Anonymous retaliou com o maior ataque de sempre.

Segundo a justiça norte-americana, o serviço de partilha de ficheiros Megaupload, um dos mais populares da internet, é responsável por prejuízos de quase 500 milhões de euros de autores e empresas da indústria discográfica e cinematográfica. Sete pessoas - quatro das quais detidas na Nova Zelândia, incluindo o fundador do Megaupload Kim Dotcom - são acusadas de associação criminosa e violação de direitos de autor.

Para além do encerramento do site, legalmente sediado em Hong Kong, foram apreendidos diversos servidores, material informático e outros bens no valor de 50 milhões de dólares.

A operação internacional surge após várias acções legais movidas por gigantes como a Universal, que recentemente contestara a participação de conhecidas estrelas da música pop num vídeo de promoção do Megaupload. Will.i.am, Kanye West e Alicia Keys são alguns músicos que defendem aquele site partilha de ficheiros, apesar da companhia discográfica não ter autorizado os artistas a participar no anúncio.

A acção contra o Megaupload, que em si não é um site de partilha de conteúdos protegidos, mas que pode ser utilizado para esse fim de forma anónima, acontece um dia após o protesto da Wikipédia e de outros importantes sites contra dois projectos-lei que neste momento são discutidos nos Estados Unidos.

Os diplomas PIPA e SOPA prevêem o encerramento de sites que contenham conteúdos protegidos, ainda que tenham sido utilizadores e não os administradores desses sites a difundir ilegalmente músicas, filmes ou fotografias. A título de exemplo, o YouTube poderia ser encerrado e enfrentar acção legal pelo facto de um utilizador divulgar naquele site um conteúdo protegido por direitos de autor, ainda que sem a autorização daquele serviço de vídeo.

Entretanto, o caso Megaupload motivou aquele que será já o maior ataque de sempre protagonizado pela rede hacker Anonymous. Às 23h de quinta-feira (hora de Lisboa), 5,635 indivíduos participavam numa acção que tinha tornado indisponíveis os sites de várias organizações governamentais e empresas audiovisuais. O FBI era anunciado como um dos principais alvos a abater. Departamento de Justiça, Universal, MPAA e RIAA estavam offline.

Às 23h55, a CNN citava uma fonte do colectivo hacker para indicar que pelo menos 27.000 computadores estariam a ser utilizados no ataque.

http://www.pernambuco.com

O anúncio foi feito na página do grupo no Twitter (@anonops), por volta das 19h.

No post do Twitter, eles fazem uso de um termo comum no Exército Americano (tango down) usado quando um terrorista é morto. Pela rede de micloblogging, os Anonymous alertam os EUA para as suas ações. O grupo está a todo momento atualizando as suas ações no Twitter. E sempre ameaçando o Governo dos Estados Unidos.

Esta semana, dois projetos de Lei contra a Pirataria Online (Sopa, na sigla em inglês), em discussão no Congresso dos Estados Unidos causaram polêmica em todo o mundo e foram motivos de protestos na última quarta-feira, na rede mundial de computadores.

Contra as restrições da Sopa, centenas de blogs e sites brasileiros foram retirados da rede, no chamado "blecaute". A onda de protestos começou quando a versão norte-americana da enciclopédia online Wikipedia publicou no lugar do seu conteúdo um comunicado em uma tela preta pedindo que os usuários " imaginassem um mundo sem conhecimento livre".

Curiosidade - O Anonymous é um grupo de hackers que teve origemn em 2003 e representa um conceito de muitos usuários de comunidades online existindo simultaneamente como um anárquico e digitalizado cérebro. O grupo atua de forma anônima, mas de maneira muito coordenada. Sempre que o Anonymous atua, eles agem em torno de um objetivo que é combinado entre eles, geralmente, ligado ao entretenimento.


------------------------------------------X_X-----------------------------------------------

Bom meus caros amigos leitores eis o que penso...

Para se começar a internet a partir de um certo ponto em sua existência não há mais controle de um único ser ou seja ela é nossa como nosso planeta, agora eis que vocês se encontram em meio de uma nova guerra, conspiração, ato de controle sobre nós, uma forma de olhar o que nós fazemos?

Agora com tudo isso com um fechamento de site dos maiores sem aviso prévio pensem bem:

1- Nas pessoas que tinham Backups armazenados

2- Arquivos pessoais como Fotos, Videos, Documentos e etc...

3- Quem pagavam a conta premium

Todos sabem que o que acontece no Megaupload acontece no: Rapidshare, Hotfile, Easy-Share, Gigasize, Mediafire, Depositefiles, Filefactory, Uploading, 4shared Letitbit, Sendspace, Zshare, Easy-share, Storage to Uploadbox, Uploaded to, Ziddu, Netload e muitos outros mais agora pegaram um dos maiores, sem ais nem menos ou seja as pessoas que dependiam disso perderam tudo... qual será o tamanho do prejuízo para elas concordo com a lei anti-pirataria mas com seguinte termo, poxa quer ter um CD, DVD, FILME, JOGO original vá na loja e compre principalmente quem tem condições, eu mesmo tenho minhas coisas Originais quem não gosta de ter seu Filme, Jogo, Anime original?, mas também tenho na maioria as coisas piratas também não ligo para qualidade se é uma coisa que quero rápido.... Um exemplo foi quando fui para outra cidade ver se encontrava um cd para minha coleção, encontrei mas eram R$ 130,00... nunca pagaria isso em um cd nem se a banda fosse toca em casa é um absurdo isso... duvido se até mesmo os atores, cantores, produtores e criadores não tem uma coisinha pirata ou baixada da internet... Agora com isso o que será da internet daqui para frente? daqui algum tempo talvez nem o blog esteja aqui =[

Outra coisa que deixo bem claro já envolvendo esse assunto sempre fui contra invasões desde a mais simples como invadir o PC de outra pessoa até Nasa e outros famosos mas.... ultimamente tiro muito meu chapéu para os ANONYMOUS que tirando fora do ar sites realmente indevidos como exemplo de sites de pedofilia.... Agora outra coisa que me intriga por que o FBI "O GRANDE" perderia tempo com um site de downloads? e por que agora?....

Bom é isso faço questão que vocês leitores comentem e que façamos um debate aqui mesmo ou em nosso facebook...

OBRIGADO

2 comentários:

  1. Não tenho nem palavras pra me expressar,a eu tinha uma outra visão deste assunto até ler seu blog. estou realmente absorto, o que será que eles querem realmente? há alguma forma de para-los?
    Espero que sim.

    ResponderExcluir
  2. Bom há vários abaixo assinados na internet ki serviram pra alguma koisa chegaram ateh a kaza branka e lah sim fizeram efeito, deram a lees o gostinho do prejuizo da internet limitada pra eles fora grupo anonymous, ke nos ajudou bastante tbm... veremos futuramente...fora ke... site MEDIAFIRE tbm está na mira mas entrou na justiça e lutara ateh o fim e não mudará seus planos komo tirarem fora do ar....

    ResponderExcluir

Otakus, Nerds, Gamers e Geeks online no momento...